Polícia Militar começa a implantar UPP no Morro da Providência

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2010/03/22/policia-militar-comeca-implantar-upp-no-morro-da-providencia-no-centro-916134399.asp

Polícia Pacificadora

Polícia Militar começa a implantar UPP no Morro da Providência, no Centro

Ana Claudia Costa, O Globo e G1

Policiais do Bope e do Batalhão de Choque ocupam o Morro da  Providência para a implantação da UPP/Foto de Marcos Tristão, O Globo

RIO – Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque fizeram, no início da manhã desta segunda-feira, uma grande incursão no Complexo da Providência, no Centro do Rio, cumprindo a primeira etapa da implantação da nova Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). A ação teve início por volta de 8h30m. Segundo o comandante do Bope, coronel Paulo Henrique Azevedo de Morais, a operação levantou o tapete de cada local do morro para tentar descobrir armas, drogas e prender traficantes. Enquanto homens do Bope vasculhavam o interior da favela, o Batalhão de Choque fez o patrulhamento no entorno da comunidade e incursões pontuais. De acordo com o coronel, a nova UPP será instalada até o fim de abril.

Já o comandante do Batalhão do Choque, coronel Róbson Rodrigues, disse que as equipes farão patrulhamento também no terminal Américo Fontenelli, na Central do Brasil. Quatro homens foram presos, sendo dois deles com motos roubadas no terminal rodoviário.

O comandante da nova UPP do Morro da Providência será o mesmo que já liderava o Grupamento de Policiamento em Áreas Específicas (Gpae) na região há cinco meses. O capitão Sidney Ferreira disse que, como já conhece a comunidade, será mais fácil coordenar o trabalho dos policiais. A diferença, segundo ele, serão os PMs novos recém-formados que atuarão na região. Ainda de acordo com o comandante, o número maior de policiais vai possibilitar um combate mais intenso ao tráfico.

Acompanhe em fotos a ação da PM no morro da Providência

Segundo a Secretaria de Segurança, a operação no Morro da Providência faz parte da primeira das três fases de implantação da unidade na favela. Esta será a primeira das nove UPPs que o governo do estado pretende implantar até o fim do ano, todas elas localizadas no Centro e na Zona Norte.

De acordo com a secretaria, ao todo, três comunidades serão beneficiadas diretamente pela ocupação: Morro da Providência, Pedra Lisa e Moreira Pinto. Além dos moradores, o governo pretende beneficiar de forma indireta 600 mil pessoas que circulam diariamente pela região da Central do Brasil. Segundo a secretaria, a nova unidade ainda vai ser peça-chave no projeto de recuperação e revitalização da Zona Portuária.

(Veja o especial sobre os desafios da democracia nas favelas pacificadas)

Esta será a sétima UPP implantada pelo governo do estado. Desde dezembro, havia especulações de que a próxima UPP seria implantada na Tijuca.

As UPPs têm melhorado a vida no entorno das favelas não só pela valorização dos imóveis e pela segurança. Comerciantes comemoram o lucro com a chegada de novos clientes, que antes, com medo, não iam aos estabelecimento perto de comunidades.

Mas, desde a semana passada, dois casos envolvendo policiais da UPP chamaram atenção dos cariocas: na tarde de sábado, dois policiais militares do 19° BPM (Copacabana), lotados na Unidade de Polícia Pacificadora do Pavão-Pavãozinho foram presos após tentarem invadir uma residência em Campo Grande para cobrar uma dívida. Na madrugada de quinta-feira, o soldado Leonardo da Cruz Cortez, de 27 anos, também lotado na UPP, foi preso em flagrante ao tentar roubar uma agência do Banco Itaú na Rua Doutor Paulo Alves, no Ingá, em Niterói.

____________________________

Comentário:

O interessante é que o Morro da Providência foi o lugar onde surgiu o nome “favela”. Houve um grupo de soldados que foi lutar em Canudos e lá ocuparam o Morro da Favela, que tinha esse nome por causa de uma planta chamada Favela. Quando eles retornaram, não tinham assistência para moradia por parte do governo. Então foram morar em barracos no morro que fica atrás da Central do Brasil e o apelidaram de Morro da Favela, em homenagem ao morro de Canudos que tinham ocupado. Com o tempo, as pessoas começaram a identificar o nome Favela aos barracos e aí surgiu o termo “favela”. Depois o morro mudou o nome para Morro da Providência.

A notícia fornece uma pista para a escolha das favelas a serem pacificadas: essa UPP “vai ser peça-chave no projeto de recuperação e revitalização da Zona Portuária”. Não precisa dizer muito mais, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: